Falsa Mensagem do PIS no WhatsApp é Golpe

Falsa Mensagem do PIS no WhatsApp é Golpe

  

  

Mensagem chegou a atingir mais de 200 mil celulares em 24 horas.

Começamos um ano novo e como sempre nesta época os gastos em geral são muito grandes. Os brasileiros possuem muitas contar a pagar nos primeiros meses de um ano novo. E para muitas pessoas um grande auxílio nesta tarefa é o PIS, que é o programa do governo que libera anualmente para alguns trabalhadores um abono salarial, que chega em excelente hora. Por isso, muitos brasileiros já estão ansiosos consultando o Calendário do PIS, aguardando a vez de sacarem seus saldos. Porém, em razão desta ansiedade, muitas pessoas acabam caindo em golpes ou tentativas de golpes. Agora, os criminosos atuam pelo aplicativo WhatsApp. Continue lendo esse texto e saiba o que fazer caso isso aconteça com você.

Os criminosos não perdoam nada. Dessa vez o golpe se relaciona ao PIS, que é o Programa de Integração Social que beneficia milhões de brasileiros, pagando um auxílio de até um salário mínimo para trabalhadores que se enquadram nas diretries do plano. Pois bem, Os cibercriminosos, aproveitando que o sétimo lote de pagamento do PIS foi liberado, lançaram na rede 4 links maliciosos.


Dessa forma, o cidadão poderia utilizar esse links para consultar se possui direito ao benefício. Muita gente diante dessa facilidade e da dúvida em relação ao benefício acabou caindo na tentativa de golpe. Assim, acabaram informando a esse link malicioso seus dados pessoais, como número de CPF e número de inscrição no programa.

De acordo com informações do laboratório PSafe, até agora já passam de 200 mil o número de tentativas do golpe e isso em apenas um dia de circulação dos links.

Diante dessas informações, se você receber qualquer link é melhor não clicar para abrir, pois você pode ter dados hackeados, o aparelho prejudicado, enfim, esses links só chegam para causar alguma forma de prejuízo.

  

Neste golpe em particular, o usuário clicava no link e uma página se abria e nela havia um texto em que a informação era de que a Caixa Econômica Federal está liberando o PIS para pessoas que desenvolveram atividades trabalhistas do período de que vai do ano de 2005 até 2018. E para estes casos o saldo seria no valor de R$ 1.223,20.

Após este texto informativo, o cidadão teria que responder a algumas perguntas e no fim deste pequeno questionário, no fim da página, ele era incentivado a repassar este link a 30 pessoas do seu WhatsApp.

Até o momento não se sabe de pessoas que informaram seus dados e tiveram seus saldos extraviados ou coisas do tipo. Na realidade este golpe não é para roubar os saldos de PIS. Sua finalidade é levar o maior número de pessoas a acessarem estes links e assim com muitos acessos à página eles têm ganhos financeiros relevantes, como ocorre nas páginas de publicidade.

Como se trata de um tema que interessa a milhões de brasileiros, o número de acessos é realmente muito grande e continuará sendo, pois muitas pessoas clicam nesses links acreditando ser algo legal, confiável, que de certa forma lhes auxilia. Infelizmente, grande parte dos usuários acreditam nessas informações que também são falsas e acabam se decepcionando quando descobrem a verdade.

Diante dessas informações, vale deixar a dica de que nunca é válido clicar em links que traem promoções, que relacionam-se a benefícios, cupons de descontos, enfim, coisas na maioria das vezes bem absurdas. A recomendação é de que ao receber qualquer tipo de link é melhor não clicar e principalmente não compartilhar.

Em casos de dúvidas é só acessar, pelo próprio aparelho celular, o site da Caixa e realizar a sua consulta de forma segura e confiável. Toda atenção é válida para que esse tipo de crime não tenha mais vez no nosso país.

Ana Paula

Post Relacionado

PIS 2019/2020 – Mudanças, Quem terá Direito?

PIS 2019/2020 – Mudanças, Quem terá Direito?

      Saiba o que muda no PIS 2019/2020 com a reforma da previdência. Atualmente, milhões de brasileiros são contemplados pelo PIS e recebem um salário extra proporcional aos meses trabalhados por meio do Abono Salarial. Todavia, a reforma da previdência proposta pelo atual governo…

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *